Publicado em 19 mai 2020

Os aprendizados que a gripe chinesa deixa para a indústria mundial

Redação

Avaliando com cuidado o mercado, percebo que sairemos disso transformados para sempre. Olhando pelo lado positivo, essa foi uma grande oportunidade para despertar uma quantidade incrível de aprendizados, principalmente para as indústrias.

Martin Kjærbo - 

Já é um fato que a epidemia da gripe chinesa está transformando e vai modificar ainda mais o mundo em muitos aspectos. Consumo, relações interpessoais, migrações e economia global são apenas alguns dos muitos setores impactados. Esse último, porém, merece uma atenção especial. 

Um relatório divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) projetou uma contração de ao menos 3% no cenário econômico global como consequência da pandemia. Outro dado preocupante é que 48% dos donos de indústrias acreditam que a gripe chinesa terá um impacto importante nas suas operações, segundo um relatório que ouviu CFO das principais companhias dos EUA, realizado pela PwC.

Avaliando com cuidado o mercado, percebo que sairemos disso transformados para sempre. Olhando pelo lado positivo, essa foi uma grande oportunidade para despertar uma quantidade incrível de aprendizados, principalmente para as indústrias.

Aproveito para comentar sobre alguns que julgo especialmente importantes: as adaptações que se mostraram necessárias na forma de produção, adequação das cadeias de suprimentos além da automatização na nossa própria linha de montagem. Um aprendizado seria a importância de olhar para a cadeia de suprimentos em momentos de crise que, a meu ver, é a maior dificuldade das indústrias ao redor do mundo.

Ainda assim, en...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica