Publicado em 27 Oct 2020

A conformidade da educação à distância em assistência à saúde

Redação

Os aplicativos de telessaúde são cada vez mais importantes em muitas áreas da educação e do treinamento em saúde. Além disso, eles desempenharão um papel vital na pesquisa biomédica e no treinamento em pesquisa, facilitando as colaborações remotas e fornecendo acesso à instrumentação cara/remota. A fim de cumprir seu verdadeiro potencial para alavancar as atividades de educação, treinamento e pesquisa, as inovações em aplicações de telessaúde devem ser promovidas em uma variedade de frentes da tecnologia da informação, incluindo modelos computacionais online sob demanda para simulação, interfaces simplificadas para software e hardware, frameworks de software para simulações, sistemas de telepresença portáteis, aplicativos de inteligência artificial a serem aplicados quando os pacientes humanos simulados não são opções e o desenvolvimento de mais aplicativos de simulação. As tecnologias de telecomunicação, incluindo recursos de áudio e videoconferência, oferecem aos profissionais de saúde geograficamente dispersos a oportunidade de se conectar e colaborar com outras pessoas. Reconhecidas por permitir as teleconsultas e telecolaborações entre equipes de profissionais de saúde e seus pacientes, essas tecnologias também são adequadas para a entrega de programas de ensino à distância, conhecidos como teleaprendizagem. Para determinar se os métodos de entrega de teleaprendizagem alcançam o equivalente resultados de aprendizagem quando comparados com métodos tradicionais de entrega de educação presencial. É fundamental conhecer um sistema compatível ajudará a garantir que as tecnologias de educação à distância disponibilizadas para o educação à distância em assistência à saúde sejam capazes de suportar adequadamente e de oferecer aprendizado à distância, assim como interoperar com sistemas de educação à distância diferentes que também sejam compatíveis com esta especificação.

Hayrton Rodrigues do Prado Filho – 

As aplicações de telessaúde são cada vez mais importantes para a educação de graduação e pós-graduação nas profissões relacionadas com a área da saúde, certificação e recertificação profissional, educação médica continuada e educação em saúde para consumidores e pacientes. Perceber o amplo potencial da telessaúde, por exemplo, em teleapredizagem, telementoring, ambientes de planejamento telecirúrgico, cirurgia telerrobótica e teleconsulta, permitirá que instituições voltadas para o futuro ensinem qualquer coisa, a qualquer hora e em qualquer lugar com a mesma qualidade de currículo e orientação oferecida em ambientes de sala de aula tradicionais, com foco no domínio da competência ao invés do domínio da informação.

Serão necessárias inovações importantes para transformar essa visão em realidade. Isso inclui modelos computacionais escalonáveis, online e sob demanda para simulação que podem ser acessados de computadores de baixo custo; interfaces simplificadas para software e hardware (incluindo sistemas de videoconferência); frameworks de software para simulações; sistemas de telep...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica